MAGAZINELUIZA

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Deixamos o Iraque há poucos dias. E temos de enviar aos cristãos perseguidos... mais ajuda!

Retornamos ao conforto e à segurança dos nossos lares no Ocidente, deixando lá uma parte de nosso coração e milhares de histórias e lições de sofrimento, sacrifício, heroísmo, dor e esperança. Histórias de pessoas como você e eu, as quais, em alguns casos, perderam tudo.
Deixamos atrás de nós...
...250 famílias cristãs assentadas em Kirkuk com o Bispo Mirkis, a nova escola que estão construindo, a nova igreja, a moradia estudantil em Kirkuk, que agora abriga mais de 700 estudantes, a igreja destruída e vandalizada em Bashiqa, onde alguns de nós choramos ao ver a destruição, o ódio do DAESH (Estado Islâmico) contra os cristãos, a inspiradora procissão do Domingo de Ramos no campo de refugiados Ashti2 em Ankawa/Erbil, onde 5.000 cristãos desalojados estão vivendo em conteiners desde o verão de 2014, o muro do pátio de uma escola em Intel Esqof, do qual apagamos mensagens deixadas pelo DAESH...
Deixamos tudo isso atrás de nós... não deixo de pensar nos momentos que nossa equipe vivenciou nos últimos dias... tenho certeza de que você concorda que ainda temos de ajudá-los.
Como disse num dos e-mails que enviei há alguns dias... não se trata de falta de comida, mas de falta de futuro.
Por isso, com esperança, peço sua ajuda...
Você pode fazer uma doação de 10, 15 ou 30 reais (ou qualquer outra quantia que considere apropriada), para que possamos levar ajuda humanitária aos nossos irmãos perseguidos no Iraque e começar novas e eficazes ações para ajudá-los na esfera política e internacional?
https://donate.citizengo.org/pt/
Para que possamos ajudar nossos irmãos e irmãs perseguidos. Para que possamos fazer com que suas vozes sejam ouvidas.
Muito obrigado mais uma vez por tudo o que você faz, por estar aí...
Meus melhores cumprimentos,
Guilherme Ferreira e toda a equipe da CitizenGO

Nenhum comentário:

Postar um comentário