MAGAZINELUIZA

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Assine a petição para enviar aos embaixadores uma mensagem pendido que protejam a vida, a família e a liberdade de educação dos pais

http://www.citizengo.org/pt-pt/21203-oea-respeitem-vida-familia-e-os-direitos-dos-pais 

Durante esta semana, estamos no Panamá, participando da Cúpula das Américas, para trabalhar junto com amigos de vários outros países da América Latina a fim de que não sejam impostos o aborto, a ideologia de gênero e o ataque à família na Cúpula das Américas.
Estamos testemunhando o modo como os defensores da cultura da morte manipulam a linguagem e os procedimentos democráticos para imporem suas ideias, que não são aceitas pela maioria dos latino-americanos.
Organizações pró-vida panamenhas foram excluídas da Cúpula, sem nenhuma explicação. Nas mesas temáticas de trabalho, os moderadores foram previamente excluídos, sem consulta aos representantes da sociedade civil aqui presentes. Muitos deles trabalham pela implantação da cultura da morte!
Não deixe de assinar a nossa campanha para enviar um e-mail aos embaixadores dos países latino-americanos na OEA e compartilhe o link com seus amigos e familiares nas redes sociais:
http://www.citizengo.org/pt-pt/21203-oea-respeitem-vida-familia-e-os-direitos-dos-pais
Lembramos que a Convenção Americana de Direitos Humanos protege o direito à vida, o matrimônio entre homem e mulher e o direito dos pais a escolher a educação que querem para a educação dos seus filhos. Menciono alguns dos pontos da Convenção:
Proteção do direito à vida: "Toda pessoa tem direito a que sua vida seja respeitada. Este direito estará protegido por lei e, em geral, desde o momento da concepção.”