MAGAZINELUIZA

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

FALAR MAL E JULGAR OS IRMÃOS, ISTO É SER FILHO DE DEUS OU DO DIABO?

O temor do Senhor é odiar o mal; a soberba e a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu odeio. Provérbios 8:13

Como ter realmente certeza que estamos dentro da vontade de Deus, geralmente falamos que somos Cristãos, porém andamos distantes dos ensinamentos da sua palavra Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos. Tiago 2:10, precisamos observar nos mínimos detalhes o que Deus quer para as nossas vidas, precisamos entender que nosso alvo aqui na terra é um dia morar junto a Cristo, por isso necessitamos crer Nele e Obedecer seus ensinamentos, caso contrario nada valerá dizer que somos Dele.

Vejamos alguns pontos que precisamos colocar em nosso dia a dia:
I PEDRO 4: 15,16 - Não Ter Vergonha do Evangelho de Cristo. Todo Cristão tem uma missão, falar dos feitos de Cristo em suas vidas, não acovardar-se com o que lhe possam acontecer, pois aquele que nos garante a vitória e Todo Poderoso e se o negarmos diante dos homens Ele nos fará o mesmo diante do pai. Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus. Mateus 10:33. Visto que, se Cristo tivesse vergonha em morrer por nós que somos míseros pecadores e que nada merecíamos das suas mãos, onde estariam nossas vidas neste momento? Se, Deus agisse conosco como agimos com Ele o que mereceríamos?
I João 4: 1 - Provar os Espíritos. Ultimamente ouvimos, vemos até presenciamos, um evangelho banalizado, as pess⌂oas não mais buscam a Deus por amor ao seu feito na cruz do calvário. As pessoas estão indo aos templos para ganhar benção, para ter fama, status, posição, estão agindo em benefícios próprios, a igreja de Cristo que era para demonstrar um poder que transforma o caráter, traz dignidade, que emana da alma a alegria de fazer parte da vida eterna, anda titubeando, doente, raquítica, até falam e carregam uma bíblia, mais não vivem o que nela está escrito, precisamos ter conhecimento do reino de Deus para não sermos contaminados pelas mesclagens evangélicas, devemos ficar atentos para o que se fala e para o que se ensina se provem de Deus ou não.
Galatas 5: 22 - O Que produz o Espirito de Deus. Obediência total aos ensinamentos da bíblia, porque o Espirito de Deus na vida de uma pessoa a levar a temer em tudo que esta fizer, se alguém foge ou inventa outro evangelho está fora do padrão de Cristo. Se há em nós verdadeiramente o Espirito Santo da aliança, precisamos viver de modo que tudo em nos reflita a imagem de Cristo ainda que venhamos falhar, Deus que conhece nosso coração, possa ver que há o desejo em nos em acertamos, pois o nosso Ser verdadeiro declara diante Dele através de nossas atitudes e ações o ensejo em Produzir, pois, frutos dignos de arrependimento; Mateus 3:8, porque são pelos frutos que seremos conhecidos. Mateus 7:20
III João 1:11 - Quem faz o mal não tem visto a Deus. Aquele que diz, eu sou de Deus, mais, continuam a praticar os mesmos erros de outrora, este engana a si mesmo, continuam na sua cegueira espiritual e nunca viu Deus na vida dele.

O que a palavra nos garante é que somos a casa onde Deus habita; Então, Deus habita em nós? As coisas que fazemos, demonstra à presença de Deus. Deus é Santo, e, exatamente por Ele ser Santo, não pode morar em casa com imundícies, logo, pode-se entender, que, se as nossas vidas não condizem com a bíblia, Deus não mora em nós. Porque dois corpos não ocupam um mesmo espaço, luz e trevas não andam juntos, para um existir o outro tem que sair. Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? 1 Coríntios 3:16.
Se crermos que isto acontece em nossas vidas, então, não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção. Efésios 4:30. Precisamos guardar nosso coração onde é armazenado nosso sentimentos para não sairmos da presença de Deus, do seu proposito para com as nossas vidas. Guarda o bom depósito pelo Espírito Santo que habita em nós.2 Timóteo 1:14
I Pedro 2:1 – Abandonar o que é mau. Se, somos de Cristo precisamos fugir de tudo aquilo que é contra a vontade Dele. Abstende-vos de toda a aparência do mal. 1 Tessalonicenses 5:22
Uma das coisas que tem arruinado a vida de muitos e tem feito um estrago na igreja de cristo nos dias de hoje é a fofoca. Precisamos entender que tudo que e mau, nasceu no coração de lucífer; Inveja, ciúmes, maledicência, falar mal dos outros, roubos, homicídios, etc. Tudo isto surgiu quando lucífer usurpou tomar o Trono de Deus, Ele queira se igualar Deus. Tu eras o querubim, ungido para cobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti. Ezequiel 28:14-15.
Apesar de conhecemos este fato de sabermos do perigo que este produz na vida humana, continuamos a dar lugar às forças das trevas agirem em nosso meio, Satanás e articuloso e sagaz ele jamais vem de maneira feia ou estupida para nos destruir, ele aparece de forma sutil e delicada, porque ele sabe que é disso que as pessoas gostam, porque não dizer que ele é um perfeito cavaleiro, irá sempre dá razão em nossos erros, até ter o domínio da situação e nos destruir, ele age dentro do nosso gosto. Porque as pessoas peçam? Não é porque são sucumbidas pelo desejo do seu coração? E de onde provem o pecado senão do mal! Se os anjos que eram santos e estavam na presença de Deus durante toda a sua existência, mesmo assim a terceira parte foi atraída, ludibriados e enganados pela conversa de lucífer, imagine nós, que muitas vezes estamos longe de Deus? Será que ele não nos enganará? Precisamos ficar alerta para vencer o mal.Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Tiago 4:7 é por isso que a bíblia é nosso manual de Vida, para que venhamos ler, entender, aprender e viver.
Não podemos esquecer que o poder da contaminação vem pela boca, Adão e Eva foram enganados pela boca. Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.
Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal. Gênesis 3:4-5 Pela boca Jacó roubou Esaú. E Jacó disse a seu pai: Eu sou Esaú, teu primogênito; tenho feito como me disseste; levanta-te agora, assenta-te e come da minha caça, para que a tua alma me abençoe. Gênesis 27:19. Não podemos deixarmo-nos ser roubados pelo nosso adversário. Devemos tomar cuidado com o que sai dos nossos lábios, porque, do que pronunciamos é que nosso coração transborda. O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca. Lucas 6:45 Pelo pecado da sua boca e pelas palavras dos seus lábios, fiquem presos na sua soberba, e pelas maldições e pelas mentiras que falam. Salmos 59:12.
Gálatas 5:9 O Fermento ruim contamina. As más conversações corrompem os bons costumes, uma companhia errada pode nos levar ao perigo, somos refém das nossas palavras, em nossa boca esta o poder da vida e da morte. A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto. Provérbios 18:21, Sede Santo em toda a maneira de viver, sede sóbrios não deis lugar ao mal.
Tiago 3:6 A língua põe no inferno. Nossos lábios existem para adorar a Deus, formos criados para o louvor da sua gloria, para proclamarmos seus feitos, não para falarmos mal dos irmãos, seja este de onde for, nós não somos Deus que é Juiz, também não somos o diabo acusador, temos que ser lavador e remidos pelo Sangue de Cristo, por isso nosso dever é orar e deixar Deus agir. Nós não somos criadores de ninguém, Deus dará a recompensa a cada um pelo os seus atos, não podemos inflamar e contaminar a sã doutrina do evangelho sobre nosso achismo, Fiel é Deus que fará cumprir todas as s suas promessas na vida daqueles que esperam Nele, bem como na sua justiça. Vigie irmãos nossa palavra é que irão nos sentenciar diante da presença do Supremo Deus.
Efesios 4:14 - Quem inventa mentiras conduz o irmão ao inferno. Não podemos nunca ser papagaio e ficar repetindo o que não vimos, imagine que aquilo que ouvimos de outro for mentira e nos a estivermos propagando, seremos tão cumplice quanto o mentiroso? Estamos sendo agente do inimigo assim como aquele que inventou. Você pode dizer, ah! Eu não sabia estava enganada (o). Porque quis, gostou do erro. Se a palavra diz que não podemos falar mal do irmão porque estamos falando? Seja aquele certo ou não! Certamente é porque queremos ser punidos, precisamos é ficar atento, pois o salario do pecado é a morte.
Tiago 4: 11 e 12 – Não julgar as pessoas. Hum, como somos ágil para julgar os outros, todos têm defeitos, todos são humanos e entre a humanidade há imperfeição, mais muitas vezes agimos inconsequentemente, não paramos para assimilar que podemos está destruindo uma vida, uma família ou um ministério por causa das nossas conclusões errôneas. E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? Mateus 7:3
Amados, ninguém que fala mal do irmão, tem Deus no seu coração. Está pessoa está totalmente sendo usada pelo inimigo, foi Ele que falou mal de Deus para os anjos, por isso foram lançados fora da sua presença. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele. Apocalipse 12:9
Ficamos em Alerta, Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia. I Coríntios 10:12, não podemos servir a Deus se em nosso coração não há amor para como os irmãos, Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu como pode amar a Deus, a quem não viu? I João 4:20
Podemos até dizer eu amo meu irmão, acaso quem ama seu irmão fala mal dele? Levanta falsos testemunhos? Denigri a imagem dele? Espalham noticias duvidosa sobre eles?
I João 2: 10,11 – Quem odeia a seu irmão está em trevas. Analise bem, quando alguém fala sobre a vida dos outros como saem à expressão da sua boca, se não destila veneno do seu coração, qual a tonalidade da sua voz, o porquê ela está lhe dizendo aquele fato, se existem algum vestígio de maldade. Fuja deste (a), porque o tal ainda está em trevas.
II Pedro 3:11 – Precisamos ser Agradáveis a Deus. Nossa vida precisa ser apreciável aos olhos de Deus, precisamos viver de tal modo em que Deus olhe para nós com contentamento, assim como fez com Jó. E disse o Senhor a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal. Jó 1:8, quem dera se fossemos assim. Porque a através disto, são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus.1 João 3:10, e não sendo de Deus é do diabo.
I João 2:29 - O que faz o que é correto e filho de Deus. É de Deus, aqueles que fazem o que Ele manda, nisto somos os seus filhos se andarmos corretamente conforme os seus mandamentos.
II João 5: 2 - Os que amam o irmão amam a Deus obedecem aos seus mandamentos. O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. João 15:12, Vivemos isto realmente em nossas vidas? Isso de fato é a realidade ou uma utopia para nós? Será em vão o sacrifício que Cristo fez por nós? Porque se afirmamos que Ele está em nossa vida e nem se quer conseguimos imita-lo, como podemos demonstrar que somos Dele e que estamos Nele?
Romanos 13:10 - Quem Ama não Faz o mal. Aquele que é de Deus, ajuda, estende a mão, empenha-se em prol do bem, cultiva a bondade, alimenta a fé, faz nascer a esperança, produz bons frutos. Não condena, não humilha, não maltrata, não tenta destruir.
II João 4: 20 – Quem não ama a seu irmão é mentiroso. E estes não são filhos de Deus, Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira. João 8:44.
Gálatas 4:17 - Quem tem inveja. Aquele que sente inveja e prejudica ao seu irmão ainda está com vestígios da natureza de satanás, ainda não foi liberto da sedução das trevas, ainda está embaralhado nos atributos do mal.
I João 1: 6 - Se dizemos esta em Deus e não estamos na luz vivemos na escuridão. Não pode haver em nos nada que seja das trevas, pois onde há escuridão existe ausência da luz, sabendo que a luz é Deus, então, entende-se que, quando praticamos as obras das trevas estamos sendo conduzido pelo mal.
I João 2:24 - Temos que Guardar a palavra no coração. É do Coração que procede a fonte da vida, por isso temos que deixar enraizar a palavra de Deus dentro de nós, não deixar que a boa semente fique entre as pedras, porque se não há como nascerem raízes, não pode continuar de pé, nem deixar a beira da estrada, pode vir às aves de rapinas e come-la, precisamos da vazão ao adubo do Espirito de Deus para que estas sementes produzam alicerce profundo dentro de nós, assim nada e nem ninguém conseguira nos afastar do amor de cristo que é o verdadeiro cristianismo, assim sendo, o que agira em nós é uma doutrina não constituída por homens, mais firmada na aliança eterna da cruz do calvário. Vivendo isto, satanás não nos engará e nem nos atrairá para o lado dele.
É do coração que procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, fornicação, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. Mateus 15:19, a quem pertence o nosso coração? Se for Deus, então, não pode haver em nos nada relativos às trevas.
Romanos 13:10 - Quem Ama não Faz o mal. Se Deus está em mim, irei fazer sempre o melhor, independente de méritos ou recompensas por alguém, não importa agradar aos homens e sim a Deus, não importa o que pensas os homens e sim Deus, Ele é o meu alvo minha meta a Ele eu tenho temor.
I João 3:6 - Quem peca nunca viu a Deus. Sabemos que todos nós cometemos erros, mais aquele que diz conhecer a Deus e insiste em continuar no erro não se arrependendo, jamais sentiu Deus na sua vida.
I João 3:8 - Quem peça é do diabo. Todo, os que insistem e persistem em continuar no erro não provem de Deus, mais do maligno, porque está é a natureza de satanás, pecar e articular para que outros pequem junto a ele, visto que, o fim dele já está determinado, para ele não há mais jeito, o lago de fogo ardente o espera. E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde estão a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre. Apocalipse 20:10 O mal nunca anda só, sempre tem aliados. Os aliados das trevas estão soltos neste mundo para induzir os verdadeiros cristãos a saírem da vontade de Deus, eles tramam noite e dia uma forma de nos tirar da presença de Deus, Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno. I João 5:19, e o trabalho do diabo é este, roubar, matar, e destruir. Vigiemo-nos.
I João 4: 6 - Aquele quem conhece a Deus nos ouve. Os que têm o Espirito de Deus na sua vida sabem discernir quem é de Deus ou não, e, se acaso surgir alguma duvida em seu coração, este, age prudentemente buscando a resposta em Deus, não fazendo comentários precipitados, mais reage como um bom soldado de Cristo, examinando as Santas escrituras e conferindo se o que é dito está conforme escrito. Não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as. Efésios 5:11
I Corintios 4:5 - Não julgar ninguém é Deus quem dá a recompensa. Se não vimos, não presenciamos, se a pessoa envolvida não nos disse nada, é melhor colocarmos nossas línguas no lugar certo, dentro da boca e passar um esparadrapo celestial para que não venhamos através dela contaminar todo nosso corpo, um corpo doente não tem serventia? Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno. Mateus 5:29
Sejamos imitadores de Cristo e andemos nas suas pegadas.
Se alguém tem ouvidos, ouça. Apocalipse 13:9

Pastora Elza Carvalho
Com o Compromisso exclusivo em Declarar a essência de Deus através da sua palavra.
Igreja Casa de Oração Essência de Deus – ICOED

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

OS FARISEUS SÃO IMATUROS


Pr. Elias Ribas
A grande maioria dos membros de uma igreja tem o seu líder como um modelo e porta voz de Deus. Todo o seu ensino é acatado veemente. Mas, também, vejo um grande problema, pois se ele ensinar errado por falta de compreensão e maturidade, quase todos irão dizer amém! Em vez de criar uma verdadeira igreja, poderá criar uma religião dentro de outra. Portanto, é necessário que o ministro tenha os seguintes requisitos:
1. Chamado por Deus.
2. Ungido por Deus.
3. Aprovado por Deus.
Se faltar alguns destes requisitos, o líder será defeituoso, imaturo ou desequilibrado, tendo a necessidade de aprender corretamente.
Há dois fatos ou casos que ocorrem e surgem no seio da igreja, os quais ocasionam o surgimento de heresias e outros males semelhantes.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

TEM CERTEZA QUE VOCÊ CONHECE A JESUS?

Porque não vos fizemos saber a virtude e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo fábulas artificialmente compostas; mas nós mesmos vimos a sua majestade. 2 Pedro 1:16

Falamos muito de fé, de chamado de Deus, de religião, de crença, mais de fato conhecemos o que anunciamos? Vivemos a plenitude do evangelho? Adoramos o Senhor verdadeiramente? Ou estamos sendo meros repetidores de frases feitas, estamos seguindo aquilo que dizemos crê e cremos no que seguimos, acaso seguimos a Deus? Ou estamos sendo guiados por pensamento e doutrinas de homens? Conhecemos realmente o Senhor Jesus o Deus Criador do Universo, Temos intimidade com Ele? Estamos indo a uma igreja com intuito de reverenciar a Deus juntamente com outros que crerem, ou estamos indo aos templos por interesses próprios? Visto que hoje o evangelho virou mercado de finanças, amuleto de sorte, status, será que vivemos os ensinamentos da palavra ou estamos nos enganando preenchendo as nossas vidas com fabulas humana ou achismo? Conhecer a Deus é entender que não importa a situação a que venhamos passar, se em dores ou alegria, na aflição ou no regozijo, se com festa ou lamento, Deus não muda para se adequar a nós. Nós que temos que aprender adora-lo em espirito e em verdade, isto é, na importa a fase que estejamos a travessar, Deus continua sendo o Senhor, o restante benevolente que sobre nos vir, serão consequência do contentamento de Deus para conosco. Adorar ao Senhor precisa e têm que ser nossa maneira de Vida.
Existe uma necessidade tamanha para aqueles querem ser filhos de Deus, atentar para a sua palavra, tomar cuidado com o poder persuasivo de satanás. O ser humano é mais tendencioso em ouvir e absorver o que é errado do que entender o que é certo.
Muitas vezes dizemos que somos de Jesus, no entanto deixamos de obedecer ao que está escrito na bíblia para darmos ouvido a voz do inferno.
Notem, que ultimamente é muito mais fácil espalhar noticias sobre as vidas das pessoas do que propagar o evangelho, e o pior é que, muitos dos que se dizem seguidores de Jesus emprestam seus lábios para serem mensageiros do mal.
Quando acontece um milagre raramente ouvimos alguém comentar e glorificar o nome de Jesus, sem mencionar os que duvidam “será que isso foi verdade” estes não entra no reino de Deus e nem permite que outros entrem, no entanto existe uma disposição tamanha em propagar vidas alheias. É muito mais fácil acreditar-se nas mentiras do que na verdade, sabe por que isto acontece? Porque o mal usa mascara, usa sofismo, ele consegue exatamente desdenhar o desejo do coração perverso das pessoas. Esquecemos que nossos lábios foram feitos para adorar a Deus, não para falar mal de outros. Não é de admirar, Adão e Eva estavam no paraíso todos os dias final da tarde conversavam com Deus, E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás. Gênesis 2:16-17 O Senhor havia os prevenidos, coma de tudo, menos da arvore que esta no meio do jardim, Deus, deu tudo para eles, mais o que foi que o atraiu? Exatamente o que o diabo mostrou, preferiram seguir os conselhos da serpente a obedecer à voz de Deus. Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal Gênesis 3:4-5, o erro seduz as pessoas, embriaga suas almas e contamina o seu caráter deixando-lhe deixa uma visão distorcia do que é Conhecer a Deus. Quando o coração de Caim planeja o mal contra Abel Deus logo o advertiu. E o Senhor disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante? Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar. Gênesis 4:6-7, porém ele não ouviu a Deus e seguiu o seu ruim coração matando Abel, O Senhor está sempre nos alertando para que não venhamos cair em erros. Confessamos que somos de Deus, porém aquilo que fazemos e falamos não condiz com nossa confissão? Porque a palavra nos diz; Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz. Tiago 4:11 acaso obedecemos? Será que de verdade conhecemos a Jesus? Quando nos preocupamos demais com a vida dos outros é porque a nossas está na direção errada. Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Mateus 7:4, precisamos ser diferentes, viver a verdadeira vida de Cristo, trazer em nosso ser a chama do amor de Deus, fugir da aparência do mal. Não deis lugar ao diabo. Efésios 4:27, Devemos nos santificar na verdade do Senhor para que Ele tenha misericórdia de nós.

Pastora Elza Carvalho

Com o Compromisso exclusivo em Declarar a essência de Deus através da sua palavra.

Igreja Casa de Oração Essência de Deus – ICOED

Deseja uma oração? Escreva-nos: essenciadedeus2012@gmail.com

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

FÉ E ATITUDE MOVE A MÃO DE DEUS!

Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus. 1 Coríntios 2:5

Fé é a convicção que algo que não se vê, está ali. É a esperança que aquilo que se almeja vai se concretizar. É a certeza que, o que se procura encontrar-se-á, que aquilo que não há, haverá. Pois a fé dá o direito de possuir algo que ainda não existe. Fé é o ato de ver uma estrada onde não existe caminho. Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Hebreus 11:1.
Atitude é o ato de sobrepor-se numa ocasião oportuna. É não deixar que outros pensem em seu lugar, ter atitude é possuir confiança do que se quer, e, não esperar que aconteça mais fazer acontecer. É ter visão real da certeza do que está oculto dentro do seu ser. É colocar para fora o domínio do medo é exteriorizar um intuito intimo.
Vejamos um bombeiro; Ele se atiça entre as chamas para salvar outras vidas, o perigo para este, tem menos valor do que sua motivação, acaso ele não tem medo do fogo? Apesar de toda a proteção, todos têm, mais a convicção do seu chamado é maior que seu medo, este é levado a ter atitudes que romper as barreiras do imortal.

A fé aliada a uma atitude nos levar a viver o sobrenatural.
Observe então nisto: Se estivermos com fome e em nossa casa tiver feijão e arroz, porém, se estes não forem cozidos, ninguém o comerá e irá continuar com fome, porque os grãos não são comestíveis crus, será necessário ir ao fogo, então, eles passarão de simples grãos para comida. Pensemos então, nos armazéns dos agricultores, na maioria das vezes está repleto de sementes, mais alguém chega ali para comer? Obviamente não! Porque é preciso passar pelo processo de cozimento, só então, estes, tonar-se-ão em manjares. As bênçãos do Senhor são justamente assim, elas estão ali, armazenadas, disponíveis, celeiros fartos e muitas vezes transbordantes, mais para que essas bênçãos venham até nós é preciso passar por um processo, Isto é, precisamos tomar uma atitude para que acenda o fogo que é a nossa fé, ao ponto do impossível tornar-se real.
Porém, muitas vezes, nosso coração está tão encharcado pelas desilusões, pelas angustias, frustações e decepções, que o fogo chamado fé não acende por mais lenha que tenha. Quando isto acontece é necessários recorrermos a paliativos até que a chama comece a surgir e o fogo ocupe a dimensão que necessitamos. Quando um carvão está úmido demais para ser acesso, alguns ponha-se álcool ou óleo. Então para acender uma fé adormecida e paralisada pelas circunstancias da vida é preciso deixar o óleo de Deus ser derramado sobre si, E tomarás o azeite da unção, e o derramarás sobre a sua cabeça; assim o ungirás. Êxodo 29:7, Isto molhará o carvão que é o nosso coração, assim a frieza que há em nós será dominada pelo azeite de Deus, logo, basta ouvirmos a sua palavra que a brasa começa a aquecer dentro de nós, ganhando proporção de labaredas, imediatamente o fogo tornar-se-á visível, Consequentemente aquilo que antes parecia nunca acontecer, começa a surgir e quando percebemos estamos envolvidos no agir do Espirito Santo, dai, nasce uma certeza dentro de nós que podemos, esta então, nos obriga a sairmos de onde estamos e nos leva a entrarmos no celeiro de Deus, no qual somos abastecidos com suas bênçãos. Mas, para tanto, houve uma iniciativa nossa em querer, de transpor, de não aceitar, de ir e prosseguir, a fé dormente que estava em nós levantou-se, e, por ela erguer-se, automaticamente isto fez com que ficássemos em pé. Bem vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada. Tiago 2:22. Se você deseja conseguir algo de Deus, você precisa tomar uma atitude de fé, a sua decisão com fé irá atrair o agir de Deus para a sua vida.

Pastora Elza Carvalho
Com o Compromisso exclusivo em Declarar a essência de Deus através da sua palavra.
Igreja Casa de Oração Essência de Deus – ICOED

AS MENSAGENS LEGALISTAS TRAZEM CONTENDAS




“Nem se ocupem com fábulas e genealogias sem fim, que, antes, promovem discussões do que o serviço de Deus, na fé. Ora, o intuito da presente admoestação visa ao amor que procede de coração puro, e de consciência boa, e de fé sem hipocrisia. Desviando-se algumas pessoas destas coisas, perderam-se em loquacidade frívola. Eles querem ser mestres da Lei de Deus, mas não entendem nem o que eles mesmos dizem, nem aquilo que falam com tanta certeza” (1ª Tm 1.4-7).
Provavelmente ao escrever a Timóteo, Paulo estava preso em Roma, mas sabendo das confusões heréticas que os falsos mestres estavam disseminando no meio cristão, ele admoesta Timóteo a não dar ouvidos a ensinos que contrariam a Palavra de Deus.
Os falsos mestres seguiam uma doutrina que misturava o ensinamento cristão, regulamentações da lei mosaica e especulações do gnosticismo pagão. Eles haviam chegado a Éfeso levando discórdia ao invés de crescimento na graça.
Os falsos mestres de Éfeso erravam acrescentando longas estórias imaginárias alheias às Escrituras. Tais lendas nasceram com os antigos rabinos hebreus que criaram pseudo-histórias bíblicas, baseadas nas sugestões dadas pelas genealogias do Velho Testamento. Essas fábulas estavam desviando os crentes de efésios da verdadeira doutrina bíblica, levando-os a viverem conforme os ensinos humanos (v. 4).
Este tipo de pregação imaginária não traz nova luz às Escrituras, muito pelo contrário, ela origina mais contendas, desviando assim o crente da verdade de Deus.
Paulo ordena a Timóteo a ficar longe das discussões tolas e sem valor, pois elas sempre acabam em brigas. O servo do Senhor não deve andar em contendas, mas deve tratar todos com educação. Deve ser um mestre bom e paciente, que corrige com delicadeza aqueles que são contra ele. Pois pode ser que Deus dê a eles a oportunidade de se arrependerem e de virem a conhecer a verdade. (2ª Tm 2.23-25 NTLH).
As fábulas dos falsos mestres estavam trazendo confusão e contendas para a igreja em Éfeso. Os tais ensinos estavam levando os crentes à subversão (gr. Katastrophe), literalmente “virar tudo de cabeça para baixo”. Por isso Paulo incentiva a Timóteo a manejar bem a Palavra da Verdade. Manejar bem significa sem desviar da Verdade. A melhor arma conta os falsos mestres é ter a sabedoria divina e o conhecimento genuíno das Sagradas Escrituras. Um soldado em guerra que não sabe manejar sua arma está à beira da morte, assim são com aqueles que se intrometem no ensino sem conhecer as Verdades Bíblicas.
Observe que a palavra questões (v. 4), não refere a um método de ensino ou pura inquirição, mas a ensinos que levam ao desvio doutrinário, frustrações, dúvidas, contendas, por causa de um ensino apóstata. Ao contrário da pregação destes falsos mestres, Paulo diz que o trabalho de Deus deve ser feito com amor, partindo dum coração puro, uma boa consciência e de uma fé sincera (v. 5).
Paulo ao declara: “desviando-se alguns” nos mostra que estes já haviam se contaminado com os ensinos heréticos dos falsos mestres e estavam separados evangelho. Essa ordem está sendo dada a fim de que amemos uns aos outros com um amor que vem de um coração puro, de uma consciência limpa e de uma fé verdadeira. Alguns abandonaram essas coisas e se perderam em discussões inúteis.
“Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela se utiliza de modo legítimo, tendo em vista que não se promulga lei para quem é justo, mas para transgressores e rebeldes, irreverentes e pecadores, ímpios e profanos, parricidas e matricidas, homicidas, impuros, sodomitas, raptores de homens, mentirosos, perjuros e para tudo quanto se opõe à sã doutrina” (1ª Tm 1.8-10).
A lei de Moisés era boa, mas os falsos mestres usavam-na incorretamente ao fazerem da obediência à lei uma exigência para os cristãos. A lei deveria apontar o pecado para o descrente. Paulo demonstrou isso ao fornecer uma lista de pecados para aqueles que opõem a sã doutrina.
“Recomenda estas coisas. Dá testemunho solene a todos perante Deus, para que evitem contendas de palavras que para nada aproveitam, exceto para a subversão dos ouvintes. Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade” (1ª Tm 2.14-15).
Os falsos pregadores têm satisfação em trazer ensinos heréticos e questões loucas e absurdas que só trazem confusão, contenda e divisão no meio cristão. Dificilmente um fariseu se enquadra nos moldes ortodoxo bíblico. Isto mostra a falta de misericórdia e amor que possuem pelas almas. “Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns aos outros, tendo inveja uns dos outros” (Gl 5.26). A resposta de Paulo aos crentes em Gálatas confusos ante é que nós não devemos ser orgulhosos, nem provocar ninguém, nem ter inveja uns dos outros.
O apóstolo que revolucionou a era apostólica com a pregação do Evangelho, agora no final de sua vida admoesta a Timóteo num desafio contra os falsos mestres que estavam surgindo e iriam surgir nos tempos do fim para rejeitarem a sã doutrina.
A sã doutrina (doutrina de Deus) não traz confusão, desordem e escândalo. Mas as doutrinas humanas usadas como meio de salvação, mesmo que aparenta certa “espiritualidade”, e não se manifesta sem a doutrina, como ensina a Bíblia, produz divisão, dispersão, evasão e afastamento, ao invés de fraternidade, unidade e comunhão. Toda a regra seja humana e extra-bíblica, irá trazer este tipo de comportamento no meio da igreja cristã, pois este é o trabalho de Satanás e também de seus ministros; trazer confusão. Mas, os ditos “costumes” são picuinhas que produzem mais discórdia do que edificação, produzindo assim uma vida ascética e nos separando da graça e do amor de Deus. Paulo Exorta a Tito a ensinar a sã doutrina. “Tu, porém, fala o que convém à sã doutrina” (Tt 2.1).
Estamos, freqüentemente, tão saciados e satisfeitos com outras coisas, que insistimos em nos contentar com migalhas de pão. Estamos felizes com nossa música do jeito que é. Estamos felizes com nossas reuniões de “restauração”. Já é hora de termos o que costumo dizer de insatisfação divina.

SEUS ENSINOS SÃO COMO CÂNCER

“Evita, igualmente, os falatórios inúteis e profanos, pois os que deles usam passarão a impiedade ainda maior. Além disso, a linguagem deles corrói como câncer; entre os quais se incluem Himeneu e Fileto. Estes se desviaram da verdade, asseverando que a ressurreição já se realizou, e estão pervertendo a fé a alguns. Entretanto, o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os que lhe pertencem. E mais: Aparte-se da injustiça todo aquele que professa o nome do Senhor” (2ª Tm 2.16).
O ensino verdadeiro evita este tipo de confusão teológica. Mas, o ensino herético é: uma catástrofe; é vão; profano, e aumenta impiedade. È um câncer que se alastra (v.17), (no gr. gangraina; “grangrena”). Simbolizando a doentia penetração da praga do erro doutrinário no corpo da Igreja. O caso exige cirurgia profunda e não pode ser encoberto com panos quentes.
Muitos sermões, em vez de trazer as pessoas a Deus, afasta e leva para impiedade. Este tipo de “ministro” não ensina a verdade, mas a mentira e o engano. E este vírus passa de um para outro infectando a igreja. Se o crente não tiver imunidade (conhecimento da Palavra) é atingido pelo vírus da gangrena (ensinos farisaicos).
Paulo usa o exemplo de dois falsos obreiros contemporâneos (Himeneu e Fileto), dizendo que estes se desviaram da verdade.


Quantas pessoas hoje vêm a igreja em busca de Deus e acabam saindo frustradas e decepcionadas pelas esquisitice das ditas regras humanas? Isso deveria envergonhar a Igreja! Tantas pessoas machucadas e carentes voltando-se para as práticas do ocultismo. As pessoas, de tão famintas que estão, chegam gastar milhões de dólares na indústria do ocultismo que surge da noite para o dia, manipuladas por falsos adivinhos, que não passam de exploradores. O desespero é tanto que elas aceitam as orientações desses negociantes como se fosse uma visão espiritual. Só existe uma razão para que as pessoas estejam tão ansiosas por um contato com algo misterioso, oculto, aceitando até falsificações: elas não sabem onde encontrar O que é verdadeiro.


PROVOCAM ESCÂNDALOS

“E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles. Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e, com suaves palavras e lisonjas, enganam o coração dos símplices. Quanto à vossa obediência, é ela conhecida de todos. Comprazo-me, pois, em vós; e quero que sejais sábios no bem, mas símplices no mal” (Rm 16.17-19).
Nesta exortação, Paulo adverte a igreja, contra os homens que provocam divisões e enganam os corações dos simples. Contra os tais Paulo nos ensina a ser sábios (prudente como a serpente), e simples como as pombas.
As mensagens que Jesus ensinava aos seus discípulos e ao povo tinham sabor, era agradável, e o povo era atraído aos Seus ensinos. Não li nem um versículo nos evangelhos, onde Jesus se preocupa com o obvio, com costumes e questões que provocam divisões. Mas vejo o amado mestre combatendo as tradições dos anciões, e as esquisitices dos fariseus (Mt 15.1-12; Mt 23.1-33).

SÃO SOBERBOS
“Se alguém ensina alguma outra doutrina e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo e com a doutrina que é segundo a piedade, é soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, contendas de homens corruptos de entendimento e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho. Aparta-te dos tais” (1ª Tm 6.3-5 - RC).
1. Os falsos líderes e as falsas doutrinas.
Timóteo enfrentava um grave problema com alguns falsos líderes, que infiltrados nas igrejas, disseminava doutrinas anti-bíblicas. Eles não concordavam com a “sã doutrina de nosso Senhor Jesus Cristo e com o ensino que é segundo a piedade”. Além disso, eram orgulhosos e nada entendiam. Tinham um interesse tão distorcido e doentio que os resultados de seus ensinamentos eram “invejas, brigas, difamações, suspeita maligna e atritos constantes. Como líderes eclesiásticos, eram responsáveis pelo ensino da verdade, no entanto pregavam mentiras, corrompendo a mente dos cristão (1ª Tm 4.1-2) e ensinando-os que o evangelho era apenas uma fonte de riquezas e prosperidade material. São homens com entendimento falso. O seu ensino vai além da verdade. Contrariamente, a falsa doutrina é qual câncer (2ª Tm 2.17); e devotamento a ela é sinal de doença espiritual (1ª Tm 6.3-4).
A verdadeira doutrina evita este tipo de confusão. Mas para aqueles que se acham que estão “representando” Deus na terra, trazem um ensino vão, profano e corrupto.
[...] Segundo TESSMAN, o orgulho está sutilmente ligado à hipocrisia. Os “fariseus” de hoje se acham superiores aos outros e não querem ser humilhados, devido a sua altivez. A propósito, o vocábulo fariseus significa separados. Na época de Cristo, eles não somente se separavam dos outros povos, como também dos outros israelitas, afinal de contas, eles tinham uma imagem a zelar. Mas mesmo sustentando aquela imagem de santos e sábios não conseguiram enganar a Jesus. Ele sonda os nossos corações e conhece o nosso íntimo. Não há como se esquivar de Deus. Nenhum tipo de orgulho, hipocrisia e engano, prevalecerão em sua presença” [TESSMAN. Hipocrisia e Orgulho.http://www.musicaeadoracao.com.br/artigos/adoracao/fariseus_2.htm acesso dia 21/07/2009].
No Século I, muitos pregadores e mestres viajavam fazendo palestras para qualquer auditório que os quisessem ouvir. Os gregos, então, apreciavam oradores inflamados e a nova igreja de Éfeso acolhia todo o orador de passagem por ali. Muitos destes, é claro, espalhavam falsos ensinamentos. Paulo queria que Timóteo soubesse as características de um falso mestre, as quais o apóstolo alista:
a. Convencido e ufano. Interessado de falar de si mesmo. Por exemplo: O meu ensino é o melhor; porque eu sei fazer melhor, falar melhor, eu sou o melhor; eu é que sei; por que eu oro mais e sou mais santo do que todos na igreja.
b. Mania por questões e contendas de palavras. Não ensinavam doutrina bíblica, mas tinham prazer por questões que não edificavam a igreja.
c. Não deve promover divisão. A mensagem não deve trazer divisão e contenda.
d. Encarar a santidade como meio de ganhar dinheiro.

Os falsos mestres estavam levando muitos crentes a se desviarem da fé. Para que possa resistir essa ameaça, o atual obreiro do Senhor precisa: Ensinar a Palavra do Senhor dentro da verdade. Ser o exemplo de santidade diante dos outros crentes da igreja.
Antes Paulo já tinha predito que “lobos” penetrariam na igreja e afastariam os crentes da verdadeira comunhão com Deus e com os santos. Não tardou para que sua profecia se cumprisse (At 20.28-30). Estes falsos mestres tinham abandonado a Palavra de Deus e permitindo Satanás cauterizar suas consciências (1ª Tm 4.2).
“Cauterização” é uma palavra que indica a marca que se coloca num escravo: A idéia por traz da marca é a seguinte: acontecia às vezes que um escravo era cauterizado com uma marca que o identificava como pertencendo a certo dono, como o gado é marcado hoje. Estes falsos mestres tinham sobre as suas consciências a marca de Satanás; que os distinguia como escravos pertencentes a ele.
Muitos pregadores se desculpam facilmente de sua falta de preparo bíblico, falando que preferem depender da unção do Espírito Santo. Essa idéia sugere falsamente que a preparação impede a unção do Espírito na pregação duma mensagem. Realmente, Deus deseja que o pregador seja ungido não só na transmissão de sua mensagem, mas também na preparação da mesma. Se tiver o preparo e a unção tal mensagem terá poder para convencer pecadores e confrontar falsos mestres.
É verdade que o Espírito Santo nos ensinará e nos fará lembrar (Jo 14.26), porém, como Ele poderá instruir alguém que não está disposto a ser um estudioso da Palavra de Deus? E, como o Espírito Santo poderá lembrar um homem de algo que ele nunca aprendeu? (Js 1.8; Sl 1.2; 1ª Tm 4.15).
A igreja de hoje poderia se considerar abençoada se todos os falsos mestres tivessem desaparecido no fim do Século I. Infelizmente, ainda temos desse tipo de oradores que só pensam em ser elogiado e receber dinheiro. Estes mestres não somente caem na armadilha de seus próprios pecados, mas também representam uma grande ameaça para a igreja. É preciso muito cuidado para não usurpar o ministério de alguém. Infelizmente isto é o que mais acontece em nossos dias. “Querendo ser mestres da lei, e não entendendo nem o que dizem nem o que afirmam” (1ª Tm 1.7).

Pr. Elias Ribas
Igreja Ev. Assembléia de Deus
Blumenau – SC.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

VOCÊ JÁ MERGULHOU NAS ÁGUAS DO RIO DE DEUS? SIM OU NÃO?

Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Salmos 46:4
Mergulhar é o ato de lançar-se-á para dentro, submerge-se, ir ao mais profundo. É afundar-se e profundar-se espontaneamente sob as aguas. È não ter medo do que possa ocorre na superfície, o mergulhador esta consciente que é ele e as aguas, quando alguém se arrisca mergulhar, este tem pleno conhecimento do que esta fazendo, por isso todo medo é lançado fora e a satisfação em mergulhar proporciona ao mergulhador um prazer inexplicável fazendo com que este se envolva cada vez mais por completo no sobrenatural do oceano.
Mergulhar e imergir-se para viver algo desconhecido. É conhecer mistérios que outros não conhecem. É possuir riquezas que muitos nunca conseguirão. Aquilo que para outros é assustador para aqueles que mergulham é satisfação plena, é, fazer brotar dentro de si um contentamento impar, pois, este teve a ousadia em transpor os seus limites. Aquele que mergulha sabe da sua fragilidade diante da gigantesca fúria das aguas, sabe da sua insignificância diante de tamanha profundeza e extensão, no entanto o desejo em conhecer os mistérios e beleza o atrai, submergindo-se e desafiando aquilo que ele jamais terá controle. Como um ser humano consegue tanto? Simplesmente porque ele acredita no que tantos têm medo.
Se mergulhar em aguas profundas na terra que são perigosas dá tanto prazer, imagine o que pode acontecer quando alguém se ousa a mergulhar nos rios de Deus? Os rios de Deus são fontes de vida, que nasce do seu trono, quanto mais mergulhamos, mais subimos.
As águas que correm de Deus são mananciais que cura o corpo, limpa a alma e fortalece o espirito, mergulhar diante de Deus é lançar-se de cabeça abaixo em seu trono. E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. Apocalipse 22:1, isto é, se você quer saber quem é Deus e conhecer os seus mistérios, você precisa afundar-se Nele, muitos podem não o conhecer e ter medo, mais os que mergulham neste rio, sabe que, o que vai encontra, lhe tratara regozijo eterno.
Será que algum de nós, já teve este prazer em mergulhar diante de Deus? Busca-lo tão intensamente ao ponto de não se preocupar com o que acontece ao redor, porque, a única coisa que predomina dentro de si é o anseio de ser envolvido pela gloria de Deus? Ter ansiedade de ir ao mais profundo, onde os olhos humanos jamais conseguem ver nem as mentes entender, apenas é você dominado por Deus e Deus envolvido em você. Então, consequentemente este começa a jorrar de dentro de si, uma fonte inesgotável de alegria, porque do seu interior emana a vida de Deus. Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. João 7:38, você buscou, se jogou, submergiu-se , certamente viverá os mistérios da vida eterna, quando você fica imerso em Deus pode acontecer o que for na superfície, você estará seguro, o mundo lá fora pode está apavorado mais você esta navegando nas águas tranquilas e cristalinas, onde a paz reina eternamente, pois, nas águas de Deus jamais você ira sentir pavor, jamais irá afoga-se, jamais nenhuma ameaça te alcançara, pois você está dentro do próprio Deus e Deus dentro de Você.
Ainda hoje, não fique apenas olhando contemplando a beleza deste oceano, se lance, deixe si cair nos braços de Deus, permita que as aguas do trono Dele se misturem no teu ser, assim brotará do teu interior corrente fluviais procedente do Todo poderoso, pois você é a casa de Deus, você é a morada Dele e Ele disse que o rio que nascera de ti alegrará a cidade da sua habitação, então, por onde você passar, todos irão saber que foste banhado nestas águas e através da sua vida Deus irá Abrir rios em lugares altos, e fontes no meio dos vales; tornar deserto em lagos de águas, e a terra seca em mananciais de água. Isaías 41:18, porque em você haverá a fonte de Deus.

Pastora Elza Carvalho
Com o Compromisso exclusivo em Declarar a essência de Deus através da sua palavra.
Igreja Casa de Oração Essência de Deus – ICOED

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

NOSSOS CULTOS SÃO VERDADEIROS?





Ao observamos as eclesiologias e as liturgias em nossas igrejas, vemos uma total descaracterização. Aquilo que deveria ser direcionado para Deus e sua glória exclusivamente foi totalmente travestido de um humanismo exacerbado. Deus que deveria ser o foco central do culto foi alijado do processo e virou nota de rodapé colocado na parte inferior das atividades. Deus virou pretexto para que o homem continue no centro. Deus é citado como apoio às práticas mundanas e capitalistas que permeiam a igreja. Há uma expressão que vem dos tempos da Reforma que diz: SOLI DEO GLÓRIA. Quer dizer: Glória somente a Deus. O insuperável Johann Sebastian Bach que revolucionou a música terminava todos os manuscritos de suas composições com as letras S.D.G. (Soli Deo Glória). Isso nos mostra que tudo em nossas vidas deveria apontar para Deus. O culto é para Deus. Somente Deus merece receber a Glória e isso implica que Ele deve ser o centro do culto. A Reforma resgatou essa máxima esquecida durante séculos. O culto não pode ser voltado para o homem. Não pode procurar satisfazer os desejos do homem e nem girar em torno dele. Mas vemos que o homem assumiu o lugar de Deus e passou a ser reverenciado. As pregações não apontam mais para o pecado que leva o homem a perdição e nem mais mostram a graça salvadora de Deus, mas sinalizam maneiras dos homens superarem suas crises. Basta ver os títulos dos sermões pregados. Em uma rápida passagem de olhos pela internet encontrei alguns títulos interessantes, vejamos: “Vencendo as Batalhas; Tempo de Conquistas; Vivendo Triunfantemente etc. Vejamos alguns títulos do Príncipe dos Pregadores Charles Haddon Spurgeon: “A Humilhante mas Gloriosa Dependência de Deus; O Terrível Porem da Justiça Própria etc. Daí da para perceber a grande diferença.
As músicas não exaltam mais a Deus, mas sim se centram no homem e suas crises. Se observarmos as músicas evangélicas atuais veremos essa triste realidade. Músicas que mostram o que Deus fará pelo homem e não a expressão de uma alma agradecida a Deus. Existe até música de louvor dedicado a ser humano! Sei que existe este tipo de música religiosa entre os mormons, mas para cristão... A quantidade de vezes que o pronome eu aparece nessas músicas é algo estarrecedor. Se compararmos com os grandes hinos da hinologia cristã veremos o contraste gritante. O primeiro hino do Cantor Cristão diz: “A ti, ó Deus, fiel e bom Senhor. Eterno Pai, supremo Benfeitor, Nós, os teus servos, vimos dar louvor, Aleluia! Aleluia! O que dizer das catarses praticadas em nossos cultos? Gritos de Vitória, brados de louvor tudo isso produz alívio e não libertação. Qualquer psicólogo recém formado pode confirmar isso. Para tristeza nossa essas práticas espúrias entraram para ficar. O que dizer dos moveres de Deus nos cultos onde o frenesi se instala e o ego grupal prevalece, as pessoas rodopiam, gritam, caem ao chão, riem sem parar, imitam animais com seus sons e mais um cem números de outras bizarrices?
Muitos adentram as igrejas para buscar suas bênçãos e encontram sacerdotes corroídos que oportunamente lhes oferecem as bênçãos, buscando satisfazer os egos eternamente insatisfeitos em troca de alguma coisa material. Muitos esqueceram que as reuniões solenes dos santos são para louvor e glória de Deus. Essas reuniões deveriam ter Deus e sua glória em primeiro lugar. Nossos cânticos deveriam exaltar o nome que é sobre todo nome. Nossas orações deveriam expressar nossa gratidão Àquele que nos amou e morreu por nós. Hoje cantamos músicas desprovidas de adoração. Muitas dessas coisas cantadas em nossas igrejas expressam um antropocentrismo aviltante. Muitos acham que louvor é somente cantar qualquer coisa. Louvor também é expressão de nossa admiração em relação a Deus. Por estarmos admirados com a grandeza de Deus e com seu amor expressamos isso adorando, louvando Sua pessoa.
Mas o culto mudou. Temos culto do Eliezer. Vejamos só que nome de culto! Acredito que seja um culto específico para arranjar namorado/companheiro. Quando é que um culto se presta a isso? Paralelamente temos o culto da Terapia do Amor onde os descasados estão à cata de um companheiro/a. Nada mais mundano que isso!
O que dizer dos cultos para empresários bem sucedidos e outros falidos juntamente com os desempregados à procura de empregos? Deem outro nome a isso menos culto. Isso causa náuseas em qualquer bom cidadão.
Ao entrarmos em nossas igrejas deveríamos lembrar a máxima de João Batista: “Importa que Ele cresça e que eu diminua”. Deveríamos lembrar o que o Senhor disse a Moisés: “Descalce os pés porque a terra é santa”.
Não gostaria de falar, mas me sinto constrangido a isso. E os famigerados cultos de libertação? O próprio nome do culto é uma contradição. Libertação para quem já foi liberto? Libertar o cristão se Cristo já realizou tudo no Calvário? O que tais pessoas entendem sobre as palavras de Cristo na cruz; Tudo está consumado?
Culto deveria ser expressão de nossa liberdade conquistada na cruz e nunca para buscarmos libertação. Culto deveria ser nossa celebração pela vitória alcançada na cruz e isso pela misteriosa, grandiosa e maravilhosa Graça de Deus.
Precisamos de uma vez por todas fazer coro com os reformadores SOLI DEO GLORIA.
Soli Deo Gloria.
Pr. Luiz Fernando R. de Souza Web: http://ministerioforcaparaviver.blogspot.com.br/

sábado, 19 de outubro de 2013

HÁ ALGUMA DOENÇA NA TUA VIDA OU NA TUA FAMÍLIA? JESUS TEM A CURA!

Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías, que diz: Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e levou as nossas doenças. Mateus 8:17

O ministério de Jesus aqui na terra foi marcado pelos grandes milagres que Ele realizou, por onde Jesus passava ficavam as marcas das suas pegadas, Aqueles que se aproximaram dele, pode contemplar a grandeza das suas misericórdias. Porém tudo que Jesus realizou só aconteceram por dois motivos; Fé e Atitude, existia sempre alguém que se propusera ir até ele, ou então, alguém que colocava-se na brecha como intercessor.

Podemos averiguar as duas situações facilmente.
Observemos a mulher do fluxo de sangue, havia sido rica, alguém bem sucedida na sociedade, um dia surgiu um problema, procurou a medicina, como ainda acontece hoje em dia, aquela mulher também foi vitima de erros médico, acabou gastando tudo que tinha, terminou abandonada, até mesmo pelos seus mais íntimos. Doente, sem nenhum recurso ela sofria. Para a sociedade o destino daquela mulher era o cemitério, mais um dia, ela ouviu falar que o autor da vida iria passar por ali, esta, não mediu esforço, tomou uma atitude, colocou uma certeza no seu coração; “Se eu tocar nas vestes Dele, minha vida vai mudar” e ela foi até Jesus, tocando ela na orla da sua veste, imediatamente o milagre aconteceu, exatamente, como ela ordenou dentro de si. Porque dizia consigo: Se eu tão-somente tocar a sua roupa, ficarei sã. E Jesus, voltando-se, e vendo-a, disse: Tem ânimo, filha, a tua fé te salvou. E imediatamente a mulher ficou sã. Mateus 9:21-22. A fé remove a unção que há em Jesus e traz a sua cura até nós.
Vejamos também, o intercessor Centurião da Cidade de Cafarnaum, este estimava o seu empregado que certo dia ficou doente, e o Centurião vendo a dor que este padecia, procurou cuidar, não se importou com sua alta posição, nem acovardou-se diante dos que poderiam criticar lhe, ele tinha um coração nobre, e via que alguém que estava perto dele necessitava de ajudar, que apesar de ter todo o dinheiro o seu poderio e conhecimento não foi o suficiente para ajudar ao seu servo. Ele ouviu falar que em outra cidade estava alguém que possuía exatamente o que ele possuía, e tinha muito mais do que ele precisava. Autoridade, poder, amor, compaixão e a cura do seu servo. Saiu este da sua comodidade e foi até Jesus, e como quem sabe, sabem, honras tem que dada, por mérito. Ele usou o poder da palavra, para conseguir a sua petição. “Senhor, eu não mereço que entre na minha casa mais ordene uma palavra, que meu servo ficara curado”, e sucedeu-se, conforme a ordem dada pelo Centurião e ratificada por Jesus. E por isso nem ainda me julguei digno de ir ter contigo; dize, porém, uma palavra, e o meu criado sarará. Porque também eu sou homem sujeito à autoridade, e tenho soldados sob o meu poder, e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu servo: Faze isto, e ele o faz. Lucas 7:7-8
Outra historia também maravilhosa é da mulher grega, ela era estrangeira naquela nação e tinha uma filha, a menina encontrava se dominada por espirito maligno, o qual fazia aquela garota ficar enferma. Aquela mulher não sabia muita coisa sobre Jesus, ela apenas ouviu boatos referentes aos seus feitos. Ela também já tinha gastado tudo que possuía e sua filha continuava na mesma, ela ousou-se em ir encontrar com Jesus, penso: “que ela deve ter imaginado, se nada acontecer, pior do que está não poderá ficar”, certo dia, ela soube que Jesus estava por perto na casa de alguém, ela entrou naquela casa se jogou aos pés de Jesus e pediu socorro. Quando não há mais saída, Jesus é a solução, Jesus vendo que ela não era dali, Quem sabe por causa do seu sotaque, Jesus a experimentou, talvez para saber se de fato, ela acreditava que Ele podia fazer o que ela precisava, e lhe disse, não é justo pegar o pão dos filhos para dar aos cachorrinhos, a resposta daquela mulher foi maravilhosa, “Senhor, os cachorros também comem os restos que caem da mesa dos seus donos”. Que convicção do que se quer! Que certeza absoluta estava no coração daquela mulher, Ela estava no lugar certo, aos pés de Jesus. E Jesus logo lhe disse: por causa dessa palavra, vai; o demônio já saiu de tua filha. Marcos 7:29
Eu não sei qual é o seu problema, mais faça igual a estas pessoas, utilize a fé em Jesus, determine com suas palavras que o seu milagre vai acontecer, Jesus irá agir sobre o que você falar, embasado no que você crê. Não existem limites para aqueles que acreditam no agir de Deus, tudo que você precisa Jesus pode fazer. A sua cura está na virtude de Jesus, então toque Nele, Ele já levou todas as tuas doenças e enfermidade até o calvário para que hoje você seja uma pessoa curada, no corpo, na alma e no Espirito, Creia nisto e tome posse do que você precisa em nome de Jesus.

Pastora Elza Carvalho
Com o Compromisso exclusivo em Declarar a essência de Deus através da sua palavra.
Igreja Casa de Oração Essência de Deus – ICOED

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

É PROIBIDO MORAR NO INFERNO

Por todos os lados onde nos direcionamos, encontramos placas de advertência, placas de sinalização e indicação, estas placas estão ali, para que, nos conduza na direção correta e nos previna quanto aos cuidados que devemos tomar em determinadas situações, bem como, nos instruir para que não venhamos seguir caminho errado. Mas, não são poucas as vezes que podemos observar em determinado trajeto, transito intenso, e, logo adiante com aproximadamente 100 metros de distancia, encontramos uma passarela, no entanto as pessoas preferem arriscar suas vidas em frente aos veículos do que andar alguns minutos e continuarem vivos. Observemo-nos também, nas carteiras de cigarros as advertências, pois se inalado, causara mal, todos, tem consciência do fato, mais, muito prefere desobedecer e correr o risco em ficar doente ou até morre em consequência das tragadas, estes sabem que poderão ter um futuro trágico, mais insistem em continuarem no erro. Alguns até ironiza, “se o cigarro mata lentamente, eu não tenho pressa para morrem mesmo”.
Toda vez que avistamos uma placa com o sinal de proibido nossa mente logo se encarrega em nos alertar, se persistirmos em desobedecermos, algo ruim irá acontecer. Porque aquele sinal, quando percebido por nossa visão, nos informa automaticamente que ali atrás está o perigo ou a morte, se ultrapassarmos é porque optamos morrer. Nossas escolhas garantem o nosso futuro.
Existe uma placa de advertência feita por Deus e deixada na terra, a Bíblia Sagrada, nela esta as instruções pelas quais devemos seguir, através dela podemos saber o que nos espera amanhã, podemos aprender o que esta além dessa vida. Ela nos mostra claramente a existência de dois lugares que são eternos, isto é, que não haverá fim para eles. É, nestes lugares, para onde todos os mortais terão que ir, depois que o corpo sucumbir. A advertência de Deus nos diz que, Existe lá na frente, Céu e Inferno. Nesta placa também estão às instruções para avaliarmos e decidirmos para onde irmos quando deixarmos de existir na terra. Vamos vê um pouco, quem não entrara no Céu. E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro. Apocalipse 21:27 para ter acesso ao céu é necessário que, ainda aqui na terra, venhamos preencher o nosso cadastro que nos dá a legalidade de nos tornamos filhos legítimos de Deus, e como fazermos isto? Através de Jesus, fazendo Dele, Senhor absoluto em nossas vidas, confessando o publicamente, não tendo medo do que pode fazer o homem, não desistindo das batalhas, suportando as aflições, pois este sabe que já é mais que vencedor, não negando a sua fé, lutando dia e noite como verdadeiro guerreiro de Deus, O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos. Apocalipse 3:5 caso contrario, E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo. Apocalipse 20:15.
O que é Inferno? Senão profundeza, um submundo inferior, mais profundo do abismo. Isaías 14:15b, é um lugar de desespero e tormenta, onde o sofrimento não cessa, a dor é o alimento diário dos seus moradores, onde não haverá nenhuma chance para os que lá estarem, E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá. Lucas 16:26, no inferno será onde a irá de Deus prevalecerá na vida dos que, preferiram não obedecer a sua placa. É qual é o conselho da bíblia para não morar no inferno? Temer a Deus! Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer; temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei. Lucas 12:5
Quem poderá ficar no inferno? Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. Apocalipse 21:8, E todos os que se esquecem de Deus. Os ímpios serão lançados no inferno, e todas as nações que se esquecem de Deus. Salmos 9:17. É horrível o inferno não é verdade, porém o pior está por vir, E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. Apocalipse 20:14, então, todos os que, encontravam-se no inverno, foi para dentro de lago em chama ardente, juntamente com toda a potestade do mal. E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde estão a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre. Apocalipse 20:10
E agora? Você prefere atentar para a sinalização de Deus e suas advertências, ou vai correr o risco quanto o que acontecerá? Você Decide Onde Passara a sua Eternidade.
Pastora Elza Carvalho

Com o Compromisso exclusivo em Declarar a essência de Deus através da sua palavra.
Igreja Casa de Oração Essência de Deus – ICOED

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

SOU PEQUENO, NÃO POSSO. MAIS MEU DEUS É GRANDE, TUDO PODE

Debaixo de uma enorme figueira descansava um pequeno garoto, que admirado pela beleza frondosa da arvore, viajava em seus pensamentos, quando intensamente deslumbrado procurava dentro de si uma forma para entender tamanha perfeição. Imaginava; quem foi capaz de criar algo tão magnifico, embebecido na sua visão, seus lábios deram vazão aos seus pensamentos que pronunciaram.
Poxa, alguém para fazer algo tão grande deve ter um tamanho enorme.
Para colocar todas essas folhinhas e deixa-las firmes, Ele teve muita agilidade e sabedoria.
Para colocar tantos frutozinhos na ordem tão certa, deve ter sido muito trabalho. Este moço deve ser muito inteligente... E continuou; Ele sabe tudo mesmo, fez o tronco bem grosso para sustentar todos os galhos... Muito esperto. Porque será que tem rachaduras? Eu acho que é para agente poder subir.
Eu queria saber, como Ele cavou tão fundo é colocou as raízes... Si, não, a arvore não poderia ficar em pé.
De repente, o silêncio foi cortado pelo grito da sua mãe que dizia: Filho! Saia daí, esta ventando muito, está para vir uma forte tempestade.
Ouvindo aquela advertência o garoto rápido levantou-se e correu em direção a sua casa, inesperadamente os ventos sopram em tamanha velocidade que pareciam querer destruir tudo, e o garoto começou a ser levado pela ventania, ouve-se um barulho muito forte naquele momento, então, o garoto sentiu sua mãe puxando-o e protegendo-o. Naquele instante ele vira a cabeça para ver qual foi o motivo do estrondo, ficou embranquecido ao ver aquela arvore tão forte tombada ao chão.
Olhou assustado para a mãe e disse: Nossa! Mãe, o dono daquele arvore é bem maior do que eu pensava, e Ele não deve ter gostado de alguma coisa que ela fez, porque eu venho aqui todos os dias e sempre a vi grande, às vezes tinha folhas e às vezes não, às vezes tinha fruto e às vezes não, mais ela continuava do mesmo tamanho, agora, Ele deve ter ficado tão bravo que com um sopro de uma só vez, destruiu tudo. E eu achava que ela era muito grande.
Em meio aquele vento, abraçado ao filho a mãe sorriu e lhe disse:
O Dono daquela figueira filho é Deus, foi Ele que permitiu que ela nascesse ali, nós, apenas usufruímos dos benefícios que ela nos dava, tudo na vida é assim, o que para nós é muito difícil, Deus destrói com um sopro das suas narinas.
Então o garoto disse: mais mãe, quase que ela caía sobre mim, eu ia morrer.
Novamente a mãe sorriu e disse:
Filho, de quem era a árvore? Ele respondeu: De Deus
E Você é o que de Deus? O garoto respondeu: Filho.
Hum, suspirou a mãe em sinal de positivo e falou: Então, você não é meu filho também? Ele respondeu: sim. Quando a tempestade estava vindo, o que eu fiz? Mim alertou, disse o menino. O que mais? Perguntou ela: Protegeu-me. Então, falou-lhe a mãe: Com Deus também é assim, aqueles que são seus filhos quando os ventos fortes começam surgir, Ele adverte, se o filho o ouve, Ele se aproxima. Se acaso, a tempestade acelerar, Ele estende a mão e o segura, daí, Ele pega em seu colo e abraça-o. Quando o filho olha ao seu redor, se surpreende, sabe por quê?
Porque mãe, disse o garoto; Porque ele verá a grandeza do pai que tem, que cuida dos seus, nos pequenos detalhes. Aquilo que para agente é impossível, Ele faz tombar em um piscar de olho. Por isso, o filho precisa obedecer, pois, o pai salva ao filho que ouve sua voz.
Deus é maior, mais ágil e mais inteligente que tudo aquilo que para nós é grande.
Deus nos adverte, nos corrige e se quisermos Ele nos protege. Seja qual for à tempestade que possa surgir, tentando destruir o nosso sonho, Deus tem livramento na hora certa.
Deus cria situações difíceis, para podermos ver, o agir Dele sobre nós.
Pastora Elza Carvalho
Com o Compromisso exclusivo em Declarar a essência de Deus através da sua palavra.
Igreja Casa de Oração Essência de Deus – ICOED

terça-feira, 15 de outubro de 2013

A PROMESSA DE DEUS NUNCA FALHA

Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe, a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar. Atos 2:39
Todos os escritos de Deus são lei para aqueles que o aceitar. Tudo o que Ele fez desde o inicio da criação ficaram registrados para não haver qualquer espécie de duvida. Porventura alcançarás os caminhos de Deus, ou chegarás à perfeição do Todo-Poderoso? Jó 11:7. Geralmente toda a lei humana, deixa brecha para penetrar recursos, então, pode-se mudar o rumo do julgamento e aquilo que foi imposto ao individuo a uma causa pode ser revogada ou ratificada. Mas porque isto acontece? Justamente porque tudo o que se refere ao ser humano existem falhas, há ruptura, pois neste não há perfeição. Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo. Tiago 3:2 O que é perfeito vem de Deus. (Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou) e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus. Hebreus 7:19. A única lei que impera em todo os tempos e é, sobre todas as gerações sem caber apelação, é a Lei de Deus, que é a Bíblia Sagrada, está é indimensionalmente interessante pois nela consiste a sapiência do Criador, sabendo Ele que o Ser humano tomou consciência do bem é do mal, Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal. Gênesis 3:5, é da sua fragilidade e o quanto tornou-se propenso ao erro. Deus na sua constituição, na qual engloba a lei de todo o universo, não cabendo apelo para homens, para anjos ou para demônios. Selou e ratificou de forma inalterável. Não existe nenhum outro ser que possa encontrar vereda na lei de Deus para se promover ou defender algo ou alguém. Ninguém possui a mente de Deus, para mesclar o que Ele escreveu. Por que quem compreendeu a mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? Romanos 11:34. No entanto dizemos que o conhecemos e cometemos erros sucessivos, Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus. Mateus 22:29, e o que é uma escritura? Senão um documento escrito em ato judicial e aprovado por pessoas competentes na qual tem pleno conhecimento do escrito. De quem são os escritos da Bíblia a não ser de Deus Pai, Deus o Filho e Deus Espirito Santo? Só estes tem total domínio da palavra, motivo pelo qual necessitamos depender Deles. Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. João 14:26.
Choramos, lamentamos, nos desesperamos por não conhecer o nosso Senhor e Pai. E a única forma de conhecê-lo é nos aproximando Dele, Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós, Tiago 4:8.
Até mesmo nosso adversário foi mais inteligente do que nos que dizemos ser filho de Deus, sabendo ele que Deus vela em cumprir a sua palavra, E disse-me o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para cumpri-la. Jeremias 1:12, ele, quando quis tirar Jesus da sua missão ele utilizou a escritura, E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces com o teu pé em alguma pedra.Mateus 4:6. O inimigo era conhecedor do ministério de Jesus, por ele ter sido um arcanjo de luz, ele sabia do projeto de Deus para com a humanidade. Então disse: Eis aqui venho (No princípio do livro está escrito de mim),Para fazer, ó Deus, a tua vontade. Hebreus 10:7, no entanto somos inerte as promessas de Deus, por sermos leigos na sua palavras, falamos tanto, mais não vivemos a plenitude do que Deus tem para nós. Todas as promessas registradas na bíblia é direito nosso, é para aqueles que nela creem, o que Deus tem para nossas vidas é sobrenatural, está além do que vemos ou pensamos. Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. 1 Coríntios 2:9, se vivêssemos os ensinamentos de Deus, quão grande seria nossas vidas aqui na terra, quem iria poder nos resistir? A palavra do Senhor seria como uma espada em nossa boca e o nosso coração um altar de adoração a este Deus, muitas vezes estamos abitolados para conseguir coisas minúsculas, coisas que podemos trabalhar e conseguir esquecemo-nos da grandiosidade das promessas de Deus, e que está escrito; Se quiserdes, e obedecerdes, comereis o bem desta terra. Isaías 1:19, se tão somente quisermos, tem que haver uma atitude da nossa parte, o que Deus tem reservado para nós, não podem ser aniquilado, ninguém tem o poder para destruir o que Deus disse que é nosso, mais é preciso haver interesse em nós em conquistarmos. A receita para uma vida plena com Deus é obedecer a sua ordem. No dia em que os nossos olhos de fato forem abertos e enxergamos a preciosidades do amor de Deus, faremos da sua palavra a nossa lei, só então conheceremos quem é Deus. Certamente, nos sentiremos envergonhados quando percebermos o que Ele tem para nos dá, e tudo já nos estava preparado antes de nascermos, perdemos por não confiarmos Nele. Confiem no Senhor Suas Promessas são Irrevogáveis.
Pastora Elza Carvalho
Com o Compromisso exclusivo em Declarar a essência de Deus através da sua palavra.
Igreja Casa de Oração Essência de Deus – ICOED

sábado, 12 de outubro de 2013

OS 09 ERROS DE SANSÃO...

Depois teve esta mulher um filho, a quem pôs o nome de Sansão; e o menino cresceu, e o Senhor o abençoou. Juízes 13:24

São poucas as pessoas que conseguem aprender com os acertos, os erros tem proporção de aprendizagem bem mais elevo na vida. Bom é que, quando, através destes venhamos nos prevenir para não cairmos nas mesmas armadilhas. Aprender com erros de outros e a melhor forma de não andamos a beira do abismo, vejamos a história de Sansão, infelizmente este, está incluso entre àqueles que foram atraídos e tragados pelo mal, por não pereceram os sinais de advertência, vindo de Deus. Que possamos ser diferentes e tudo aquilo que fez de Alguém cujo chamado era para ser Líder tornar-se escravo, absorvermo-nos boas lições. Somos tendenciosos a errar. Eis aqui alguém que passou dos limites, não que ele tenha errado mais que outros, mas, porque Ele foi muito néscio, e não percebeu que o pecado batia a sua porta, Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar. Gênesis 4:7. Para melhor entendimento vejamos quem foi Sansão; Um jovem hebreu cuja mãe era estéril, E havia um homem de Zorá, da tribo de Dã, cujo nome era Manoá; e sua mulher, sendo estéril, não tinha filhos. Juízes 13:2 este veio ao mundo, já sabendo para que veio. Ser libertador do povo de Deus era o destino que lhe estava reservado. Sansão nasceu sob uma promessa de Deus, era o mais forte e inteligente da sua aldeia, isto despertava a inveja de muitos que articulavam projetos para lhe destruir, no entanto o único que conseguiu destruir Sansão foi Ele mesmo. Sansão era livre para realizar o que quisesse, porém, havia uma ordem de Deus para que Ele seguisse rigorosamente, nunca contar o Segredo que Deus tinha lhe dado, justamente porque o Segredo era de Deus, não era com homem, era um laço, uma aliança, um elo que untava comunhão e obediência entre Deus e o homem. Sansão nasceu sob a semente da fé de sua mãe.
Sansão venceu batalhas, matou leão, fez tochas entre caldas de 300 raposas e destruiu plantações, demoliu exercito inimigo com uma queixada de jumento e julgou uma Nação, mais sucumbiu-se diante de uma paixão. Enquanto estamos debaixo da direção de Deus realizamos proezas, mais se nós nos afastarmos da sua sombra somos tragados vivos. As primeiras coisas que acontecem na vida daqueles que não obedecem a Deus é a fraqueza da alma e a perda da visão. Então os filisteus pegaram nele, e arrancaram-lhe os olhos, e fizeram-no descer a Gaza, e amarraram-no com duas cadeias de bronze, e girava ele um moinho no cárcere. Juízes 16:21.

Sansão cometera erros que alguém que tem promessa de Deus jamais pode cometer.

1 Auto suficiência – ele achava que o fato de Deus o ter selecionado, ele estaria imune as armadilhas do pecado, achava-se no direto de ignorar as coordenadas de Deus e quis traçar outro destino. Disseram, pois, a Sansão os homens daquela cidade, ao sétimo dia, antes de se pôr o sol: Que coisa há mais doce do que o mel? E que coisa há mais forte do que o leão? E ele lhes disse: Se vós não lavrásseis com a minha novilha, nunca teríeis descoberto o meu enigma Juízes 14:18. Vamos ser mais cautelosos, se somos alguma coisa é pela misericórdia de Deus, Tens visto o homem que é sábio a seus próprios olhos? Pode-se esperar mais do tolo do que dele. Provérbios 26:12

2 Desobediência- este é o ponto fundamental, a base que não deve existir na vida de um escolhido por Deus, pois disto depende cada vitória que precisa-se ter. Obediência é o que Deus quer de nós. De tudo quanto procede da videira não comerá, nem vinho nem bebida forte beberá, nem coisa imunda comerá; tudo quanto lhe tenho ordenado guardará. Juízes 13:14. O Cristão deve andar aprovando o que é agradável ao Senhor. Efésios 5:10

3 Inconsequente – ele sentia prazer na adrenalina que o pecado lhe produzia, o pecado destilava mel em seu paladar, não se pode esquecer que, todo o caçador um dia vira presa. Não podemos agradar a Deus e ao diabo, um dos dois, iremos contrariar, porque um é luz e outro trevas, onde um está o outro passa a não existir. E disse Dalila a Sansão: Até agora zombaste de mim, e me disseste mentiras; declara-me pois, agora, com que poderias ser amarrado? E ele lhe disse: Se teceres sete tranças dos cabelos da minha cabeça com os liços da teia. Juízes 16:13 E eis que uma mulher lhe saiu ao encontro com enfeites de prostituta, e astúcia de coração. Provérbios 7:10

4 Dissimulado – tinha nascido e escolhido conforme designíos de Deus, mais brincou com pecado, viu o mal diante dele e achou que poderia enganá-lo, como se alguém pudesse enganar o mal, Sansão tinha aparecia de ovelha mais a mente de um asno. Disse-lhe Sansão: Se me amarrassem com sete vergas de vimes frescos, que ainda não estivessem secos, então me enfraqueceria, e seria como qualquer outro homem. Juízes 16:7. Como as águas profundas é o conselho no coração do homem; mas o homem de inteligência o trará para fora. Provérbios 20:5

5 Tendências ao mal – Sansão tinha qualquer mulher da sua aldeia à disposição, todas queriam ser sua esposa, no entanto seu coração era tendencioso a fatalidades, ele sentia satisfação no perigo, o brio da sedução ampliava em seu ser ao ver o que o inimigo lhe mostrava, mas recusava as essências que Deus colocava ao seu redor, o perigo lhe seduzia. Porém seu pai e sua mãe lhe disseram: Não há, porventura, mulher entre as filhas de teus irmãos, nem entre todo o meu povo, para que tu vás tomar mulher dos filisteus, daqueles incircuncisos? E disse Sansão a seu pai: Toma-me esta, porque ela agrada aos meus olhos. Juízes 14:3 Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal. Provérbios 3:7

6 Negligente – fracassou em sua missão, não foi capaz de vencer a si próprio, pois o inimigo que destruir Sansão foi seu Eu. E sucedeu que, alegrando-se-lhes o coração, disseram: Chamai a Sansão, para que brinque diante de nós. E chamaram a Sansão do cárcere, que brincava diante deles, e fizeram-no estar em pé entre as colunas. Juízes 16:25 O que é negligente na sua obra é também irmão do desperdiçador. Provérbios 18:9

7 Imaturo – todos que se achegam a Deus, precisam ter olhos de águia, vislumbrar as artimanhas do inimigo antes que ele planeje os seus golpes, os filhos de Deus precisam ser atalaias com visão ampla, Ele ver a ameaça, porém está nunca o alcança, pois, onde ele está quem cuida dele é Deus, e Sansão foi porteiro, sempre abrindo a guarita para entrada do mal. E perguntaram-lhes os homens de Judá: Por que subistes contra nós? E eles responderam: Subimos para amarrar a Sansão, para lhe fazer a ele como ele nos fez a nós. Juízes 15:10. Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Tiago 4:7

8 Infiel - aqui está algo que causa náusea em Deus, infidelidade para com seus propósitos, Deus é ciumento e não divide o que é Dele. O Mistério de Deus era com Sansão e não era para os seus inimigos saberem. Ser infiel é qualidade de Satanás ele sim estava junto ao trono de Deus e tramava com Deus. Disse, pois, Dalila a Sansão: Declara-me, peço-te, em que consiste a tua grande força, e com que poderias ser amarrado para te poderem afligir Juízes 16:6. Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei, diante dos reis te pus, para que olhem para ti. Ezequiel 28:17

9 Procurar abrigo no berço do inimigo - Sansão saía para realizar uma missão e ia procurar descanso nas casas das prostitutas, gostava de medir forças com seus inimigos, se achava o bom, pensava que todas as mulheres sucumbiam-se diante sua beleza e força, ele achava que dominava a situação não sabendo ele que estava tão dominado, pois ele nem viu quando o mal entrou na sua vida e se instalou. E disse ela: Os filisteus vêm sobre ti, Sansão. E despertou ele do seu sono, e disse: Sairei ainda esta vez como dantes, e me sacudirei. Porque ele não sabia que já o Senhor se tinha retirado dele Juízes 16:20, Enquanto a palavra nos diz, Não deis lugar ao diabo. Efésios 4:27.
Devemos tomar cuidado para onde olhamos. Aquilo que mais nos atrai é o que pode nos destruir, Sansão era atraído pelo que via os seus olhos, e foi enganado pelo que sentiu seu coração. O coração do homem e falso e enganoso, precisamos obedecer com veemência aquilo que Deus tem nos dado. Se Deus nos incumbiu uma missão não podemos decepcioná-lo, não podemos ser negligentes e repetir erros tão nítidos.
Não podemos ser igual a Sansão, não podemos deixar que o diabo venha roubar os segredos de Deus para as nossas vidas. E descobriu-lhe todo o seu coração, e disse-lhe: Nunca passou navalha pela minha cabeça, porque sou nazireu de Deus desde o ventre de minha mãe; se viesse a ser rapado, ir-se-ia de mim a minha força, e me enfraqueceria, e seria como qualquer outro homem. Juízes 16:17, Feliz é o homem que confia no Senhor o seu caminho, Certamente este não verá a morte, porque obedecer é melhor que sacrificar.

Pastora Elza Carvalho
Com o Compromisso exclusivo em Declarar a essência de Deus através da sua palavra.
Igreja Casa de Oração Essência de Deus – ICOED

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

JESUS QUEBROU TODAS AS BARREIRAS DOS DEZ MANDAMENTOS!!!


“Na sua carne desfez a inimizade, isto é, A LEI DOS MANDAMENTOS, QUE CONSISTIA EM ORDENANÇAS...” (Ef. 2.15)

Deus te abençoe, em graça e em conhecimento.

1. JESUS QUEBRA A BARREIRA DO 1º MANDAMENTO, QUE DIZIA: “Não terás outros deuses DIANTE DE MIM...” (Êx. 20.3).
Ao se manifestar O FILHO DE DEUS (Jo 10.33-36), Jesus também se apresentou como DEUS ao lado do Pai, dessa forma, para este mandamento vigorar em nossos dias, a Escritura na sua "LETRA" teria que ser mudada para:“Não terás outros deuses DIANTE DE NÓS”.
Portanto, a partir da manifestação de Cristo, esse 1º mandamento, tornou-se inútil diante do EVANGELHO, uma vez que na "LETRA" da lei e os profetas, ele está NO SINGULAR.

2. JESUS QUEBRA A BARREIRA DO 2º MANDAMENTO, QUE DIZIA
“Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem embaixo da terra, nem nas águas debaixo da terra.
"NÃO TE ENCURVARÁS A ELAS NEM AS SERVIRÁS” (Êx 20.4-5).
Jesus sendo A EXPRESSA IMAGEM DA PESSOA DE DEUS (Hb 1.3); muitos SE ENCURVARAM DIANTE DELE (Lc 5.12 – 7.38); muitos O SERVIRAM (Mt 8.5); e outros O ADORARAM (Mt 9.18; 15.24), em plena vigência do 2º mandamento, estando Ele ainda em sua natureza humana; enquanto que pelo mandamento, somente poderia se encurvar, servir e adorar, o Deus do céu.
Portanto, a partir da manifestação de Cristo, esse 2º mandamento tornou-se “FRACO E INÚTIL”; pois diante do EVANGELHO a adoração tornou-se mais ampla: Agora adoramos: A CRISTO E A DEUS.
“E, eis que veio um leproso, E O ADOROU, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo” (Mt 8.2)

3. JESUS QUEBRA A BARREIRA DO 3º MANDAMENTO, QUE DIZIA: ”Não tomarás O NOME DO SENHOR TEU DEUS EM VÃO...” Êx. 20:7
Jesus depois de manifesto Deus e Senhor (Sl 110.1 – Jo 11.12), sendo Filho, Ele tem sua própria personalidade e seu próprio nome “SENHOR JESUS” (Lc 1.31); como também o Deus Pai, tem sua personalidade e o seu próprio nome: “DEUS DE ABRÃO, DE ISAQUE E DE JACÓ" (Êx 3.15).
Se fosse para vigorar em nossos dias, esse mandamento teria que ser mudado para: ”Não tomarás OS NOMES DOS SENHORES TEUS DEUSES EM VÃO...”
Portanto, a manifestação de DOIS DEUSES E DOIS SENHORES, tornou impraticável e inútil a obediência desse 3º mandamento diante do EVANGELHO, uma vez que na "LETRA" da lei e os profetas ele se encontra NO SINGULAR.

4. JESUS QUEBRA A BARREIRA DO 4º MANDAMENTO, QUE DIZIA:
“Lembra-te do dia do sábado, PARA O SANTIFICAR...” (Êx. 20.8).
A lei e os profetas determinava, que qualquer obra feita no dia do sábado constituía em transgressão contra a lei de Deus, sua desobediência era punida com “A MORTE” (Êx 31.15); no entanto, Jesus quebrou a barreira da guarda do sábado, em plena vigência do 4º mandamento.
-Jesus CUROU, no sábado. Mt 12:9-13 – Jo 9.6-14).
-Jesus mandou o paralitico CARREGAR SUA CAMA, no sábado. (Jo 5.8-9).
-Jesus permitiu seus discípulos COLHER ESPIGAS, em pleno sábado (Mt 12.1-2).
Sob o Evangelho, nenhum cristão transgride a lei do Sinai, e muito menos a guarda do sábado!
1). Porque, na ocasião do seu batismo nas águas, o cristão morre para A LEI; portanto também para a guarda do sábado de 24h. (Rm. 6.3-4 – 7.4).
2).Porque, uma vez ressuscitado, o cristão está a serviço não do templo, mas: “DAQUELE QUE É MAIOR DO QUE O TEMPLO" (Mt 12.6).
3). Porque, a preocupação do cristão agora sob o Evangelho, é a de SANTIFICAR O SENHOR DO SÁBADO, O DESCANSO ETERNO - JESUS CRISTO (Mt 11.28-30).
Portanto, A SANTIFICAÇÃO DE DOIS SÁBADOS: Um das SOMBRAS DA LEI, outro da LUZ DO EVANGELHO. Um como FIGURA, e o outro como A IMAGEM EXATA (Hb 10.1). Um para DESCANSO DE 24h DA CARNE, outro para DESCANSO DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO (2ª Ts 5.23); tornou-se impraticável a obediência do 4º mandamento diante do EVANGELHO; uma vez que na "LETRA" da lei e os profetas, ele se encontra NO SINGULAR.

5. JESUS QUEBRA A BARREIRA DO 5º MANDAMENTO, QUE DIZIA:
“HONRA O TEU PAI E A TUA MÃE, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá” (Êx 20.12).
Jesus quebrou a barreira desse mandamento, direcionando agora essa honra “AO PAI” (Jo 5.23); ensinando os que estão sob o Evangelho, que há "SÓ PAI" - O DOS CÉUS.
"A ninguém na terra chameis vosso pai, PORQUE UM SÓ É O VOSSO PAI, o qual está nos céus" (Mt 23.9).
Portanto, também esse 5º mandamento, tornou-se “FRACO E INÚTIL” diante do EVANGELHO; uma vez que na "LETRA" da lei e os profetas, ele fora dado para honrar os pais da carne, seguido de uma promessa rudimentar de prolongação de dias (Êx 20.12).
Porém, Jesus direcionou esse mandamento agora, para obediência ao Pai celestial, oferecendo melhor promessa: A VIDA ETERNA (Jo 5.24).

6. JESUS QUEBRA A BARREIRA DO 6º MANDAMENTO, QUE DIZIA:“Não matarás” (Êx 20.13).

Jesus quebrou também a barreira deste mandamento, ao ensinar o batismo nas águas para seus discípulos.
Uma vez que O BATIZADO NAS ÁGUAS segundo as Escrituras, está MORTO E SEPULTADO PARA O MUNDO, já não pode matar ninguém; doutra forma não é Cristão. Aliás, alguém já viu um morto sair do cemitério para MATAR ALGUÉM???
“Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.
Porque aquele que está morto está justificado do pecado” (Rm 6.6-7).
Portanto a morte do cristão pela ocasião do batismo, tornou “FRACO E INÚTIL” o 6º mandamento diante do EVANGELHO; uma vez que o mandamento anterior, tinha vigência somente sobre quem estava vivo para a carne, e não para quem está morto PARA A CARNE.

7. JESUS QUEBRA A BARREIRA DO 7º MANDAMENTO, QUE DIZIA: “Não adulterarás ” (Êx 20.14).
Jesus quebrou a barreira deste mandamento, perdoando A MULHER ADÚLTERA, enquanto que pela lei e os profetas ela deveria ser morta naquele momento, por “APEDREJAMENTO” (Lv 20.10 - Jo 8.5).
“E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais” (Jo 8.10-11).

8. JESUS QUEBRA A BARREIRA DO 8º MANDAMENTO, QUE DIZIA:”Não furtarás” (Êx 20.15).
Jesus quebrou a barreira deste mandamento, perdoando “O LADRÃO NA CRUZ” (Lc 23.41-43), enquanto que pela lei e os profetas, ele deveria restituir o produto do roubo quatro vezes mais. Se não tivesse com que pagar, seria vendido como escravo (Êx 22.3).
“E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.
E disse-lhe Jesus: EM VERDADE TE DIGO QUE HOJE ESTARÁS COMIGO NO PARAÍSO” (Lc 23.42-43)

9. JESUS QUEBRA A BARREIRA DO 9º MANDAMENTO, QUE DIZIA:

”Não dirás falso testemunho contra o teu próximo” (Êx 20.16).
Jesus perdoou na cruz, todo O FALSO TESTEMUNHO que os pecadores disseram contra ele: “...Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem...” (Lc 23.34).

10. JESUS QUEBRA A BARREIRA DO 10º MANDAMENTO, QUE DIZIA:

“Não cobiçarás a casa do teu próximo...” (Êx 20.17).
De igual forma também, Ele perdoou na cruz toda A INVEJA que os escribas e fariseus tiveram D’ele.
A manifestação do “SEU PERDÃO”, tornou “FRACO E INÚTIL” esses quatro últimos mandamentos diante do EVANGELHO, uma vez que pela lei e os profetas, todos estes casos deveriam sofrer punição.
Portanto, os dez mandamentos da lei e os profetas, em sua FRAQUEZA E INUTILIDADE diante das“BOAS NOVAS DO EVANGELHO” tornou-se por si próprio, ab-rogado, conforme o escritor aos hebreus: “Porque o precedente mandamento É AB-ROGADO POR CAUSA DA SUA FRAQUEZA E INUTILIDADE” (Hb 7.18).

Conclusão:
Cristo foi enviado por Deus a esse mundo, para quebrar TODAS AS BARREIRAS de separação da humanidade; porém, mesmo depois de 2.000 anos, OS RELIGIOSOS continuam a levantar AS SUAS BARREIRAS SISTEMÁTICAS:
-A BARREIRA DO DÍZIMO: Quem não devolve o dízimo é ladrão; e o ladrão vai para o inferno.
-A BARREIRA TEOLÓGICA: Se você não fizer a Faculdade Teológica na nossa Igreja, não pode pregar o Evangelho nos nossos púlpitos.
-A BARREIRA DO CABELO, JÓIAS E DO VÉU: Se a mulher cortar seu cabelo, se usar brincos, jóias pinturas ou não se cobrir com O VÉU na Igreja, não pode ser santa, vai para o inferno.
-A BARREIRA DAS IMAGENS: Quem não venerar A IMAGEM DE MARIA a mãe de Jesus, não agrada a Jesus, portanto vai para o inferno.
-A BARREIRA DO PENTECOSTES: Se você não ligar o som da tua Igreja em alto volume, se não perturbar todos os teus vizinhos, se não falar em línguas, se não expulsar demônios, você NÃO TEM UNÇÃO, se não tem unção é um cristão morno; se é morno, seu destino é o inferno.
-A BARREIRA DO SÁBADO: Quem não guarda O SÁBADO, não tem O SINAL DE DEUS, se não tem o sinal de Deus, não tem a salvação, se não tem a salvação, vai para o inferno, etc... etc...etc...
“Como escaparemos nós, senão atentarmos para UMA TÃO GRANDE SALVAÇÃO, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram” (Hb 2.3).

Jaime e Júlio
http://pastoreliasribas.blogspot.com.br

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

DEUS É FIEL! VOCÊ CRÊ NISTO?

Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera. Isaías 64:4

Esta é uma frase que virou slogan, porque não dizer amuleto de sorte, ler-se em diversos lugares com bastante ênfase, mas, será que temos consciência do teor dessa frase, Deus é fiel, O que é ser fiel? É um atributo ou uma qualidade associada ao ser cujo principio originalizou a palavra, este conceito é restritivo a característica da natureza de alguém que é formado estritamente na fidelidade.
A índole de Alguém que é fiel é ser leal, porque aquilo que este fala é o mesmo que escreve, consequentemente é o alicerce da sua vida, este é constante, não oscila e nem vacila no seu pensar e agir. Tem firmeza, não muda de opinião para satisfazer outrem, ele sabe que sua percepção é certa, seus sentimentos são puros e verdadeiros, tem perseverança e consistência em seus objetivos, Observa rigorosamente a veracidade da verdade; é exato em seus conceitos e paradigmas, é Justo e opera com Justiça em seu julgamento, tem poder de persuasão e convicção, porque as suas palavras trazem confiança em seus dizeres, não é levado por circunstancia mais muda a atmosfera circunstancial anulando o não pertinente a sua essência.
A quem podemos atribuir essas peculiaridades a não ser a Deus? Porque a palavra do Senhor é reta, e todas as suas obras são fiéis. Salmos 33:4, Ele não está, Ele é, Fiel! Isto lhe é imputado em verdade.
Observemos, pois, I coríntios 1:9, Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo nosso Senhor. Tudo, que descrevi é do Caráter de Deus, então, se vivêssemos o que pronunciamos que tamanha diferença haveria em nossas vidas, pois a bíblia diz que Deus é Fiel e que Ele nos chamou para vivermos em ligação, untados, unidos com o seu filho. E o próprio nosso Senhor Jesus Cristo e nosso Deus e Pai, que nos amou, e em graça nos deu uma eterna consolação e boa esperança, II Tessalonicenses 2:16, isto quer nos dizer, que Deus nos adotou com legitimidade com todos os documentos da sua justiça, descrito e selado em sua palavra, pelos quais, nos tornou por genuinidade em seus filhos. E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna. Hebreus 9:15, Ele nos deu por direito adquirido através da Cruz do Calvário o privilegio de vivermos todas as regalias e bem aventuranças existente no seu reino, Oh, Gloria! A única diferença que Deus relata que existiria entre nós é Jesus é que Jesus seria nosso Líder e nos seus com patriarcas, mesmo aqui na terra já viveríamos tudo o que Jesus conquistou na cruz do calvário, pois isso nos foi dado por herança eterna. O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória. Efésios 1:14
Tu creres nisto? E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê. Marcos 9:23, porém se não cremos nisto, somos indoutos e inconstantes, vivemos de palavras e nunca vimos a Jesus, Pois quê? Se alguns foram incrédulos, a sua incredulidade aniquilará a fidelidade de Deus? Romanos 3:3, a fidelidade de Deus só tem vazão na vida dos que confiam Nele, que tem convicção que Ele é Fiel e sua palavra não muda, então, se acatamos e nos apoiamos na natureza de Deus que é Fiel, podemos chegar até Jesus apresentar nossas queixas e tomarmos posse daquilo que necessitamos. Porque está é a sua vontade para conosco. E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. João 14:13
Pastora Elza Carvalho
Com o Compromisso exclusivo em Declarar a essência de Deus através da sua palavra.
Igreja Casa de Oração Essência de Deus – ICOED

terça-feira, 8 de outubro de 2013

EUA fornecem armamentos para soldados sírios que matam cristãos



Quando a organização terrorista Al Qaeda, então liderada por Osama bin Laden, fez os ataques de 11 de setembro, uma questão política foi amplamente debatida. “Como os EUA perderam o controle de um grupo que eles mesmos treinaram e para quem forneceram armamentos durante mais de 20 anos?”
O ponto de partida foi a invasão soviética do Afeganistão (também conhecida como guerra afegã-soviética) que durou de 25 de dezembro de 1979 a 15 de maio de 1988. Durante esse tempo as tropas soviéticas apoiaram o governo do Afeganistão. Por sua vez, a CIA estava do lado de grupos extremistas como o Talibã e a Al Qaeda, que procuravam derrubar o regime comunista no país. O mundo ainda vivia o contexto da Guerra Fria. Estudiosos acreditam que o alto custo econômico e militar desta guerra contribuiu consideravelmente para o colapso da União Soviética em 1991. Durante esta guerra de 9 anos, morreram 1 milhão de afegãos e cerca de 5 milhões refugiaram-se nos países vizinhos.
O extremismo muçulmano foi estabelecido como norma no país. Após a invasão americana, em 2001, durante o governo de George Bush, justificada como represália ao 11 de setembro e a tentativa de capturar seu antigo aliado, Osama. Em 2003, forças internacionais, lideradas pelos Estados Unidos, invadiram o Iraque para depor Saddam Hussein, sob a acusação de o líder iraquiano possuir armas de destruição em massa e de ter ligações com a Al-Qaeda.